As 7 Maravilhas da Natureza eleitas pela New7Wonders

As 7 Maravilhas da Natureza eleitas pela New7Wonders
A América do Sul ganhou com a Floresta Amazônica e a Foz do Iguaçú

terça-feira, novembro 22, 2011

Goiás

Marconi e Valéria apresentam em Brasília, projetos relacionados aos programas sociais do estado de Goiás. 


Dinalva Heloiza



O governador Marconi Perillo e a presidente da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), Valéria Perillo, juntamente com o coordenador geral da OVG, Afrêni Peixoto, acompanhados do presidente da Companhia Nacional de Abastecimento, Evangevaldo Moreira, foram recebidos para uma audiência de uma hora, na tarde de hoje, pela ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Miséria, Tereza Campelo, em Brasília.

O governador discutiu com a ministra a unificação, em Goiás, dos programas sociais Bolsa Família e Renda Cidadã. Já a presidente da OVG, Valéria Perillo pediu a colaboração do governo federal para equipar 100 creches que a OVG planeja construir a partir de janeiro de 2012.

A ministra Tereza Campelo, elogiou as propostas, pois observou uma consonância com as metas estipuladas pelo governo federal, afirmando que estas, “vão ao encontro das metas do Governo Federal” e que “os programas sociais implantados pelo governo de Goiás são referência para o Brasil”.

O governador Marconi Perillo lembrou que, desde que esteve com a ministra Campello, há 6 meses, verificou que “ela é uma mulher antenada, capacitada e verdadeiramente empenhada em ajudar a resolver os problemas sociais brasileiros”.

A OVG tem, hoje, 101 unidades do Criança Cidadã em funcionamento e pleiteia junto ao ministério R$ 1 milhão para equipar novas creches. A presidente da OVG, Valéria Perillo, detalhou o projeto goiano à ministra, explicando que cada creche atende entre 80 e 120 crianças, de 0 a 6 anos, e são erguidas com a colaboração das prefeituras, que doam o terreno e a mão de obra, enquanto o Estado desenvolve o projeto, providencia os materiais de construção e administra a obra.

Valéria Perillo, observou junto a ministra o contexto atual de industrialização em Goiás, afirmando: “Recebemos já este ano, R$10 bilhões de investimentos, com a abertura de milhares de vagas, e é necessário garantirmos que as mulheres possam ocupá-las, oferecendo  um local apropriado e seguro para que essas possam deixar seus filhos”.

O governador Marconi Perillo conversou com a ministra sobre o cadastro único dos programas sociais, o que propõe ampliar as famílias atendidas hoje em Goiás - o Renda Cidadã, que beneficia 64 mil lares e o Bolsa Família, federal, 328 mil. O governador Marconi Perillo, lembrou a experiência de unificação bem sucedida de outro tucano, o paulista Geraldo Alckmin, que inclusive usou o mesmo nome Renda Cidadã, lançado pioneiramente em Goiás por Marconi em sua primeira administração.

O governador disse ainda à ministra Tereza Campello que o cadastro único vai corrigir eventual duplicidade na concessão do benefício e permitir a ampliação e articulação de medidas paralelas de atendimento e promoção da autonomia dos beneficiários.

Fonte: Governo do Estado de Goiás

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente essa Postagem

Postagens populares

ONU Brasil

Portal IBRE

Governo de Goiás

São Paulo