As 7 Maravilhas da Natureza eleitas pela New7Wonders

As 7 Maravilhas da Natureza eleitas pela New7Wonders
A América do Sul ganhou com a Floresta Amazônica e a Foz do Iguaçú

quinta-feira, dezembro 01, 2011

Goiás

Marconi discute PAC do Entorno no Ministério da Integração


Dinalva Heloiza


Um PAC – Programa de Aceleração do Crescimento – especial para a região do Entorno de Brasília. Esta foi a proposta que nasceu no gabinete da presidente Dilma Rousseff e foi discutida em reunião realizada ontem, quinta-feira, entre o ministro da Integração, Fernando Bezerra Coelho, os governadores de Goiás e Brasília, Marconi Perillo e Agnelo Queiroz, e vários prefeitos da região.

A reunião foi solicitada pelo governador Marconi Perillo com o objetivo de dar os primeiros passos no caminho da elaboração de um projeto comum capaz de dar sustentação à criação do PAC do Entorno.”No geral, entendemos que há uma forte disposição do ministro e da presidenta Dilma em resolver os problemas da região. Vamos trabalhar em conjunto para conquistar o PAC do Entorno e todos os programas que possam nos ajudar a melhor a qualidade de vida das pessoas que vivem na região”, declarou o governador.

Marconi e Agnelo informaram ao ministro que as áreas de planejamento de ambos os governos já elegeram as áreas prioritárias que deverão ser beneficiadas com os recursos do PAC.Os prefeitos dos municípios do Entorno também apresentaram suas principais reivindicações: segurança pública, infraestrutura, transporte e saúde e educação.

Por solicitação do ministro, os projetos de cada estado serão agora confrontados para que deles seja formatada uma proposta única.

A criação do PAC do Entorno, na avaliação do ministro, é o caminho mais curto e certo para que o Governo Federal libere recursos para atender às demandas da região. Fernando Bezerra vê como sinal de boa vontade da presidente Dilma em investir no Entorno, a decisão de recriar a Sudeco e transformar o Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste em “fundos financeiros” no lugar de “fundos contáveis”_ o que dificultava a liberação de verbas.

Fernando Bezerra destacou ainda a volta da Ride – Região Integrada de Desenvolvimento Econômico – organismo que gerenciará recursos que serão repassados aos municípios do Entorno para que eles possam atender às necessidades prementes de suas cidades.

Sonho do governador Marconi Perillo e compromisso de campanha, a ferrovia ligando Luziânia à Brasília_ que desafogará o intenso tráfego da BR-040_ começa a ganhar força no Governo Federal e no Congresso Nacional. O ministro disse que parlamentares de Goiás e do Distrito Federal já apresentaram emendas no valor superior a R$ 200 milhões para os primeiros investimentos na ferrovia, que servirá tanto ao transporte de cargas quanto de passageiros.

O governador Marconi Perillo aproveitou o encontro para pedir ao ministro o empenho do Ministério da Integração na construção de uma nova rodovia ligando Luziânia a Brasilia, outra medida que ajudaria a melhor a trafegabilidade da BR-040.”No geral, entendemos que há uma forte disposição do ministro e da presidenta Dilma em resolver os problemas da região. Vamos trabalhar em conjunto para conquistar o PAC do Entorno e todos os programas que possam nos ajudar a melhor a qualidade de vida das pessoas que vivem na região”, declarou o governador.

Durante sua estada em Brasília, Marconi esteve ainda com o secretário executivo do Ministério da Justiça, Luiz Paulo Teles Ferreira Barreto a quem apresentou uma série de reivindicações também em favor do Entorno. “Estamos estruturando um planejamento para investimentos em diversas áreas da segurança pública, como construção e reforma de delegacias. Defendemos ainda a integração das policias de Goiás e do Distrito Federal. Sentimos boa vontade do secretário. Em breve vamos apresentar projetos detalhados para garantirmos os investimentos”, salientou o governador.

Fonte: Marconi e Equipe Mídias Sociais 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente essa Postagem

Postagens populares

ONU Brasil

Portal IBRE

Governo de Goiás

São Paulo

Postagens