As 7 Maravilhas da Natureza eleitas pela New7Wonders

As 7 Maravilhas da Natureza eleitas pela New7Wonders
A América do Sul ganhou com a Floresta Amazônica e a Foz do Iguaçú

segunda-feira, fevereiro 27, 2012

ONU

Agência da ONU propõe aos governos que seja colocado um fim aos impostos sobre Tecnologia da Informação e Comunicação.


Dinalva Heloiza
Hamadoun Touré, Secretário Geral da UIT, e Ban-kin-Moon, Secretário Geral da ONU.

Hamadoun Touré, Secretário Geral da União Internacional de Telecomunicações (UIT), solicitou nesta sexta-feira dia 24 de fevereiro, que os governos dos países membros da ONU, reduzam ou até exonerem os impostos relativos às Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC’s), para facilitar o acesso às novas tecnologias. “é grande a capacidade das TIC’s, em estimular o crescimento econômico e o desenvolvimento social”, disse.

Touré afirmou ainda, que muitos países ainda tentam cobrar impostos injustos para aproveitar a atual situação e dinamismo do setor de tecnologia, apesar de também ter reconhecido, que já existem alguns países que reconhecem a necessidade de diminuir essas taxas relacionadas às TIC’s.

Ele também aproveitou para afirmar que a próxima Conferência Mundial para Telecomunicações Internacionais (WCIT -12), terá como foco as discussões na renovação das Regulações Internacionais de Telecomunicações, um tratado que teve sua última atualização ainda em 1988. A Conferencia está prevista para ocorrer entre três e 14 de dezembro, em Dubai, Emirados Árabes Unidos.

E disse ainda, que em 1988, os três pilares que sustentam as telecomunicações foram o tempo, distância e localização.  De lá prá cá estes se tornaram quase inteiramente irrelevantes em termos dos serviços globais de telecomunicações que são oferecidos nos dias atuais.

"È necessário que tenhamos certeza, quanto à estrutura necessária para acompanharmos a revolução que a banda larga definirá na próxima década” completou Touré. 


Fonte: UnicRio     

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente essa Postagem

Postagens populares

ONU Brasil

Portal IBRE

São Paulo