As 7 Maravilhas da Natureza eleitas pela New7Wonders

As 7 Maravilhas da Natureza eleitas pela New7Wonders
A América do Sul ganhou com a Floresta Amazônica e a Foz do Iguaçú

sábado, março 24, 2012

Ministérios

Ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, confirma ao Governador do estado de Goiás, Marconi Perillo, a liberação do PAC do Entorno ainda neste primeiro semestre.

Ministra Gleisi Hoffmann, recepcionando a comitiva do governador do estado de Goiás, Marconi Perillo.
  
O governador Marconi Perillo, do estado de Goiás, recebeu da ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, em audiência na tarde de quinta-feira, 22, a confirmação de que ainda neste primeiro semestre a presidenta Dilma Roussef, assina o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Entorno do Distrito Federal.

Idealizador do PAC do Entorno do DF, juntamente com o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, Marconi saiu muito animado da audiência com a ministra Gleisi, na qual esteve acompanhado pelo senador Gim Argello (PTB-DF). Ele esteve ainda com o presidente da Sudeco, Marcelo Dourado, acompanhando um grupo de empresários com interesse em realizar investimentos em Goiás, e também no Ministério das Comunicações.

De acordo com o governador Marconi, as três esferas de governo têm interesse em melhorar as condições de vida da população do Entorno do DF e isso tem servido de motivação para o encaminhamento de ações nesse sentido. “A presidenta Dilma recebeu com grande sensibilidade a sugestão que eu e o governador Agnelo fizemos para a criação do PAC do Entorno, vendo nela a maneira mais fácil e racional para a realização de investimentos que procurem corrigir as distorções que afligem a região”, observou Marconi, acrescentando que nesse intuito juntaram-se os objetivos de todos os governos que de certa forma têm interesse em sanar os desequilíbrios sociais existentes nela.

O senador Gim Argello, enfatizou a necessidade da união dos propósitos e disse que justamente isso tem contribuído para que esse encaminhamento se dê de forma rápida, ressaltando perceber um grande interesse do Governo Federal em encaminhar ações que solucionem os problemas e aproveitem as potencialidades da região para a melhoria da qualidade de vida dos seus moradores.

Os projetos que orientam o PAC do Entorno sugerem atenção para a criação, ampliação e consolidação das vantagens competitivas dinâmicas, como infraestrutura econômica, educação básica, conservação e preservação dos recursos naturais, introdução tecnológica e também para dar suporte ao desenvolvimento, com foco nas atividades econômicas geradoras de bens e serviços competitivos, através dos setores agropecuário, agroindustrial, industrial, comercial e turístico e também sociais, com atendimento à cidadania, melhoria nas áreas da saúde, saneamento básico, habitação, segurança pública e defesa social.

Sudeco e Comunicação

Na Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), Marconi se reuniu também na quinta-feira, 22, com o superintendente Marcelo Dourado, acompanhado pelo secretário da Indústria e Comércio, Alexandre Baldy, e vários empresários que têm interesse em investir na criação de polos de desenvolvimento tecnológico no eixo Goiânia-Brasília.

Eles buscam a participação da Sudeco na viabilização de condições ao desenvolvimento desse projeto, que prevê, inclusive, a construção de uma linha férrea no trajeto para trens de média velocidade, com uma estação intermediária em Anápolis.

Marcelo Dourado mostrou interesse em participar do projeto e ficou com a incumbência de ajudar a encaminhar formas de participação da Sudeco nesse empreendimento que considerou muito importante. Acompanharam a audiência os empresários Augusto Boccara, Diogo Boccara, Diogo Ferreira Melo Leão, Miguel Viana Reginato, Lucas Carvalho Piccinin, Lúcio Flávio Sunakozawa, Alexandre Moretti e Marcelo Limiro.

No Ministério das Comunicações, Marconi encaminhou pleitos ao ministro Paulo Bernardo no sentido de ampliar a participação de Goiás no programa Telefonia e Banda Larga Para Todos. O programa já foi lançado e é desenvolvido em Goiás em parceria com o governo do Estado.

Ele reduz o ICMS pago pelos usuários pelo serviço de banda larga e de telefonia fixa, atendendo recomendação do Ministério das Comunicações de desonerar o serviço para a implantação do Plano Nacional da Banda Larga (PNBL).

“Variados estudos científicos comprovam a verdadeira revolução que os novos meios de comunicação produzem. Temos de reverenciar essas vantagens e trabalhar a democratização do acesso e a ampliação da inclusão digital no Estado”, observou o governador.

Publicado originalmente em Midias Sociais do governo do estado de Goiás

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente essa Postagem

Postagens populares

ONU Brasil

Portal IBRE

Governo de Goiás

São Paulo

Postagens