As 7 Maravilhas da Natureza eleitas pela New7Wonders

As 7 Maravilhas da Natureza eleitas pela New7Wonders
A América do Sul ganhou com a Floresta Amazônica e a Foz do Iguaçú

terça-feira, março 20, 2012

Rio de Janeiro


Governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, assina com BID, empréstimo para recuperação ambiental da Baía de Guanabara.
Governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, durante assinatura da liberação do empréstimo, ao lado do Presidente do BID, Luís Alberto Moreno.

Investimentos para saneamento das cidades do entorno da Baía somam US$ 630 milhões

Montevidéu - O governador Sérgio Cabral e o presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Luis Alberto Moreno, assinaram, nesta terça-feira (20/03), em Montevidéu, o contrato para liberação de empréstimo de US$ 452 milhões para o Programa de Saneamento Ambiental dos Municípios (PSAM) do entorno da Baía de Guanabara. O programa faz parte do Pacto pelo Saneamento, com o qual o Governo do Estado vai ampliar os serviços de saneamento básico para 80% da população do Rio de Janeiro até 2016. Segundo o governador, o Estado entrará com uma contrapartida no valor de US$ 180 milhões, totalizando US$ 630 milhões de investimentos na região da Baía de Guanabara.

“Sem dúvida, esta é mais uma conquista para a população da Região Metropolitana do Rio. Mais de 10 milhões de pessoas serão beneficiadas em 14 cidades do entorno da Baía. Tenho orgulho de dizer que o Rio que nós assumimos com um tratamento de esgoto de 2 mil litros por segundo chegará em 2015 tratando 15 mil litros por segundo. É uma mudança revolucionária na qualidade de vida das pessoas. Investir em saneamento e tratar o esgoto é tratar a vida das pessoas de maneira respeitosa”, afirmou Cabral.

Ele destacou a importância da parceria do Estado com instituições internacionais de financiamento, que irão proporcionar grandes investimentos para o bem-estar da população.

“Quando assumimos, em 2007, herdamos vários empréstimos internacionais não aplicados seriamente, não só do BID como do Banco Mundial. Mas, recuperamos a credibilidade do Rio e hoje somos grandes parceiros desses bancos internacionais de fomento”, disse o governador, que estava acompanhado do presidente da Cedae, Wagner Victer.

Após a assinatura do convênio, Cabral fez palestra para 180 prefeitos da América Latina, entre outros convidados, em que destacou os avanços da Segurança Pública no Rio de Janeiro, citando a implantação das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), que já levaram a pacificação para milhares de pessoas em dezenas de comunidades.

“Estamos virando definitivamente uma página da história do Rio caracterizada por uma cidade partida. Deixando para trás a época em que parte significativa da população não contava com os direitos básicos que a civilização nos trouxe, como o direito à paz e à segurança”, declarou.

O governador lembrou ainda que este ano o estado recebe a conferência ambiental Rio +20 e falou das oportunidades de negócios no Rio a partir do extenso calendário de eventos internacionais dos próximos anos. Ele aproveitou para lançar a candidatura do estado à sede do encontro anual do BID em 2014:

“Em 2014, o BID decidiu que o seu encontro anual será no Brasil. E o Rio de Janeiro está se candidatando a ser o anfitrião desse encontro. Em meio a tantos eventos internacionais, por que não sediar um evento desse grande parceiro do Brasil e do Rio que é o BID?”, afirmou o governador.
Fonte: Governo do Estado do Rio de Janeiro 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente essa Postagem

Postagens populares

ONU Brasil

Portal IBRE

Governo de Goiás

São Paulo

Postagens