As 7 Maravilhas da Natureza eleitas pela New7Wonders

As 7 Maravilhas da Natureza eleitas pela New7Wonders
A América do Sul ganhou com a Floresta Amazônica e a Foz do Iguaçú

terça-feira, junho 02, 2015

Comissão Mundial de Ética do Turismo propõe Convenção Internacional sobre Ética do Turismo

A transformação do Código Mundial de Ética do Turismo em Convenção Internacional foi o principal foco da 15ª reunião do Comitê Mundial de Ética do Turismo, que aconteceu de 26 à 27 de maio de 2015, na Croácia.


 A transformação integral do Código Global de Ética para uma Convenção Internacional propõe uma forma legítima em se ampliar a consciência dos governos sobre a grande responsabilidade em se constituir políticas efetivas neste domínio e promover o impacto do Código, estes foram os principais temas debatidos na 15ª reunião do WTCE.

Paralelamente a esta questão, o WCTE olhou para o nível de aplicação do Código pelos setores público e privado, bem como os avanços em suas áreas prioritárias: a luta contra a exploração infantil, acessibilidade, feriados, inclusive e seu impacto nas comunidades locais, e a emissão de qualificações não financiadas em portais web.

Pascal Lamy, da WCTE presidente e ex-diretor-geral da Organização Mundial do Comércio, destacou "a importância da aplicação dos princípios do Código de Ética da OMT por ambos os Estados-Membros juntamente com o setor privado a fim de promover um desenvolvimento turístico ético e responsável. "

"O Comitê Mundial de Ética do Turismo tem feito um trabalho inestimável na sensibilização e promoção de políticas e práticas responsáveis ​​pelo setor do turismo há mais de dez anos", disse o secretário-geral da OMT, Taleb Rifai, abrindo a reunião. "O turismo tem imenso potencial em ser uma força na promoção do bem, mas requer uma ação concreta de todos os interessados. Por isso, apoio inteiramente a proposta da Comissão para trazer o Código ainda mais em uma convenção internacional ", acrescentou.

Na área dos direitos das crianças, Carol Bellamy, presidente da Rede UNWTO World Tourism em Proteção à Criança e ex-diretor da UNICEF, apresentou um relatório sobre a proteção da criança no turismo e apoiaram a transformação do Código de Ética em uma Convenção, a fim de ajudá-la à fazer cumprir os princípios da proteção da criança em todo o mundo.

A Comissão aprovou um conjunto de recomendações específicas sobre informações turísticas acessíveis que serão apresentados para adoção à 21ª sessão da Assembleia Geral da OMT à ser realizada em Medellin, na Colômbia, no período de 12 à 17 setembro de 2015. Ele comenta ainda, que observou o grande interesse dos governos e administrações nacionais de turismo no Código e o número crescente de empresas e associações que aderiram ao Compromisso do Setor Privado para o Código.

O Comité Mundial de Ética do Turismo (WCTE) é o órgão independente responsável pela promoção e supervisão da implementação do Código Mundial de Ética da OMT para o Turismo (GCET), um conjunto de princípios destinados a orientar o desenvolvimento do turismo de forma à maximizar os benefícios sócios-econômicos do setor, minimizando os impactos negativos.

A 16ª reunião da Comissão terá lugar em Novembro de 2015.

Com informações da OMT e Eventos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente essa Postagem

Postagens populares

ONU Brasil

Portal IBRE

Governo de Goiás

São Paulo

Postagens