As 7 Maravilhas da Natureza eleitas pela New7Wonders

As 7 Maravilhas da Natureza eleitas pela New7Wonders
A América do Sul ganhou com a Floresta Amazônica e a Foz do Iguaçú

quinta-feira, setembro 29, 2016

Doutora Cristina: a serviço da comunidade goianiense.


A vereadora doutora Cristina (PSDB) busca um novo mandato em Goiânia, para seguir na luta por uma cidade mais justa e com qualidade de vida.

Drª Cristina Lopes, vereadora em exercício por Goiânia, e candidata à reeleição em 2016. 

Desde 2012, quando foi eleita, trabalha intensamente para garantir que o dinheiro público seja revertido em serviços eficientes e acessíveis a todos. 

Durante todo o seu primeiro mandato, Cristina promoveu políticas públicas justas e ações efetivas em atendimento às demandas de toda a sociedade goianiense. O compromisso público, pautado com ética, é o grande destaque da atuação legislativa de Cristina Lopes, junto as principais comissões da Câmara Municipal de Goiânia, são elas:  

Drª Cristina Lopes

- Presidente da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania.
- Vice-presidente da Comissão de Constituição e Justiça.
- Membro das Comissões Mista, de Saúde, Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia.

Drª Cristina Lopes

Cristina defende uma nova forma de fazer política, com dedicação integral ao cidadão. Também tem como missão de vida a luta pelos direitos da mulher e a prevenção e tratamento de queimaduras.


        Cristina tem ainda como meta ampliar a atuação política por acreditar que pessoas honestas, com bons projetos e disposição para o trabalho precisem ocupar espaços de poder, como única saída para transformar o Brasil. Defende que mais mulheres se dediquem à política, na luta por direitos fundamentais e pelo fim do preconceito e da discriminação de gênero.

Nesta entrevista, Cristina fala de suas realizações no primeiro mandato na Câmara de Goiânia e de propostas para a cidade, caso seja reeleita. 

       Drª Cristina Lopes

Leia aqui a entrevista:

P. A senhora foi vítima de queimadura e tem uma carreira como fisioterapeuta com mais de 20 anos de experiência na reabilitação de queimados. De que forma pode contribuir com melhorias na saúde pública?

Drª Cristina: Desenvolvi uma série de ações nessa área desde o começo do mandato, e melhorar a qualidade do serviço é dos meus maiores compromissos. Consegui aprovar lei para reforçar a contratação de médicos residentes nas unidades de saúde e regulamentar a atuação das doulas, que são profissionais que humanizam os partos. Também fiz vistoria nos Cais, Ciams e Upas, conversando com pacientes e profissionais. Depois, apresentei relatório com falhas, sugestões e cobrei providências à Secretaria de Saúde. No Hospital Governador Otávio Lage de Siqueira, o Hugol, colaborei com a criação da unidade de tratamento de queimados.

P. Se a senhora continuar na Câmara, que mais pretende desenvolver na área?

Drª Cristina: Trabalhar pela a conclusão da reforma do Cais Urias Magalhães, que se arrasta há anos; pela retomada da emergência do Cais Novo Horizonte e por melhorias no atendimento de todas as unidades de saúde. As necessidades de aparelhagem, material, gestão e profissionais são enormes. Temos que nos comprometer com a solução definitiva, inclusive com a condição de trabalho dos servidores, o que é fundamental para aprimorar o atendimento.

P. A falta de vagas na educação infantil é crônica em Goiânia. Mas é direito básico e legítimo de toda criança com até 5 anos e 11 meses. Como resolver essa questão?

Drª Cristina: A responsabilidade de executar as obras e contratar os professores é da prefeitura. E nós, vereadores, temos a obrigação de fiscalizar e cobrar o cumprimento do cronograma. Neste mandato, estive várias vezes no Jardim do Cerrado IV, cobrando da prefeitura a conclusão do cmei do setor, que caminhava a passos lentos. Agora, a obra está próxima do fim. Estou fazendo o mesmo trabalho no Jardim Real. Nesse setor, cheguei a denunciar o abandono da obra ao Ministério Púbico. Tenho como meta, se conseguir votos necessários para um próximo mandato, intensificar a fiscalização e exigir a conclusão de todos os Cmeis em obras. Apoiar os servidores e viabilizar concursos públicos são questões importantíssimas que também têm todo meu apoio.

Drª Cristina Lopes

P. Sobre a polêmica em torno do transporte de passageiros com aplicativos de celular, a senhora tem uma posição?

Drª Cristina: Tenho sim. Sou a favor desse serviço, mas com regulamentação. Para a segurança do próprio usuário, o Município ou a União precisam definir regras como cadastramento dos profissionais e controle da qualidade. O cidadão não pode correr risco, e cabe ao poder público garantir o respeito às regras. Enquanto tiver as prerrogativas de vereadora, irei batalhar para que a população tenha mais essa opção.

Nas minhas redes sociais e no meu site (http://dracristinalopes.com.br), apresento todas as minhas realizações e propostas, caso seja reeleita. Além de abordar metas nas áreas de saúde, educação e transporte, falo também de meio ambiente e apoio a inúmeras entidades filantrópicas que prestam relevantes serviços à comunidade.

P. Um ponto decisivo na escolha do voto para vereador em Goiânia é a posição a respeito das tentativas do atual prefeito de aumentar impostos. Como a senhora votou?

Drª Cristina: Nos três anos seguidos, votei contra o reajuste do IPTU e ITU, como queria o prefeito. Não considerei justo aumento acima da inflação. Nem posso admitir que o cidadão seja responsabilizado pelo desequilíbrio financeiro da prefeitura, provocado por problemas na gestão. Imposto é necessário e mantém os serviços. Mas tem que ser justo, conforme a condição do contribuinte. Sem abusos. 


                                    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente essa Postagem

Postagens populares

ONU Brasil

Portal IBRE

Governo de Goiás

São Paulo