As 7 Maravilhas da Natureza eleitas pela New7Wonders

As 7 Maravilhas da Natureza eleitas pela New7Wonders
A América do Sul ganhou com a Floresta Amazônica e a Foz do Iguaçú

segunda-feira, outubro 08, 2012

Com Ronaldo, Zidane e outros craques, Brasil sediará 10ª edição da Partida Contra a Pobreza




 As duas lendas do futebol e embaixadores da Boa Vontade do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Ronaldo e Zinédine Zidane, convidam alguns dos melhores jogadores de futebol do mundo para se juntar a eles na 10ª edição da Partida Contra a Pobreza (Match Against Poverty), dia 19 de dezembro de 2012, no Brasil, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

Como embaixadores da Boa Vontade do PNUD, Ronaldo e Zidane serão os capitães de cada equipe do amistoso cujo objetivo é mobilizar o público no combate à pobreza.

“A luta contra a pobreza não é uma simples diversão”, afirmou Ronaldo, que lançou a iniciativa Partida Contra a Pobreza com Zidane há dez anos. “Nós jogamos esta partida para arrecadar fundos e, ao mesmo tempo, conscientizar as pessoas de que a solução para o problema está nas mãos de todos. Se trabalharmos juntos, todos serão vencedores na Partida Contra a Pobreza.”

Zidane, que irá jogar no Brasil pela primeira vez, disse que, depois de dez anos atuando ao lado de Ronaldo, está animado para encarar tanto ele quanto seus amigos nesta na Partida Contra a Pobreza. “Mesmo sendo um amistoso, estou ansioso para enfrentar meu velho amigo em Porto Alegre”, declarou.

A Partida em Porto Alegre segue o exemplo de nove edições bem sucedidas do evento, que já aconteceu em Basileia (Suíça), Madri (Espanha), Dusseldorf (Alemanha), Marselha (França), Málaga (Espanha), Fez (Marrocos), Lisboa (Portugal), Atenas (Grécia) e Hamburgo (Alemanha). Todo ano, o dinheiro arrecadado com a Partida é usado para apoiar projetos específicos em diferentes países que estão enfrentando desafios difíceis. “No décimo jogo, nós vamos usar a renda recolhida para criar soluções para o meu país e também para um programa na África no qual o Brasil participa ativamente”, explicou Ronaldo.

A lenda italiana Pierluigi Collina, que apitou oito das nove partidas realizadas até hoje, será novamente o árbitro da edição deste ano. “Não é fácil encontrar uma iniciativa filantrópica com um histórico de dez anos. A Partida Contra a Pobreza conseguiu este feito e isso é incrível!”, declarou. “Para mim sempre foi um privilégio ser convidado para ser o árbitro destas partidas e dar minha contribuição para aqueles que precisam”, afirmou Collina.

Rebeca Grynspan, Administradora-Adjunta do PNUD, acredita que a Partida Contra a Pobreza é um dos eventos mais populares e de maior alcance para o PNUD e seus parceiros. “Como o futebol é um dos esportes mais conhecidos do mundo e a pobreza é um desafio global, o evento é um instrumento maravilhoso para mobilizar pessoas e garantir que todos, em qualquer lugar do mundo, possam levar vidas saudáveis, produtivas e recompensadoras.”

Neste ano, o jogo acontecerá na Arena do Grêmio às 21h (horário de Brasília) e está sendo organizado pela agência 9ine Sports & Entertainment. O evento anual, televisionado para todo o mundo, é apoiado pela Federação Internacional de Futebol (FIFA) e pela União das Federações Europeias de Futebol (UEFA).

Ronaldo e Zidane fazem parte de um grupo de elite dos embaixadores da Boa Vontade do PNUD, que inclui outras estrelas do futebol, como Didier Drogba, Iker Casillas e Marta Vieira da Silva, e também o príncipe da Noruega Haakon Magnus, a atriz japonesa Misako Konno, a tenista Maria Sharapova e o ator espanhol Antonio Banderas.

Publicado originalmente em UNICRio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente essa Postagem

Postagens populares

ONU Brasil

Portal IBRE

Governo de Goiás

São Paulo