As 7 Maravilhas da Natureza eleitas pela New7Wonders

As 7 Maravilhas da Natureza eleitas pela New7Wonders
A América do Sul ganhou com a Floresta Amazônica e a Foz do Iguaçú

quinta-feira, dezembro 24, 2015

A ONU - Organização das Nações Unidas, através da OMT - Organização Mundial do Turismo, adota o ano de 2017, como o Ano Internacional de Desenvolvimento do Turismo Sustentável.

Dinalva Heloiza


A Organização das Nações Unidas (ONU) em Assembléia Geral aprovou no dia 4 de Dezembro a adoção de 2017 como o Ano Internacional de Desenvolvimento ao Turismo Sustentável. A resolução, reconhece "a importância do turismo internacional, e em particular a designação de um ano internacional de desenvolvimento sustentável ao setor, onde os aspectos mais importantes desta adoção, visa estimular a melhor compreensão entre os povos de todos os lugares, conduzindo a uma consciência da rica herança das várias civilizações e a uma melhor apreciação dos valores inerentes das diferentes culturas, contribuindo assim ao fortalecimento da paz em todo o mundo ".

                                             Secretário Geral da OMT - Taleb Rifai

sexta-feira, dezembro 11, 2015

Especialistas das Nações Unidas sobre meio ambiente e resíduos tóxicos exortaram o Governo brasileiro e relevantes empresas a tomarem medidas imediatas para proteger o meio ambiente e a saúde das comunidades em risco, em decorrência do colapso de uma barragem de rejeitos no município de Mariana, em MG.

Dois especialistas das Nações Unidas sobre meio ambiente e resíduos tóxicos exortaram o Governo brasileiro e relevantes empresas a tomarem medidas imediatas para proteger o meio ambiente e a saúde das comunidades em risco de exposição a substâncias químicas tóxicas em decorrência do catastrófico colapso de uma barragem de rejeitos no dia 5 de novembro de 2015.

“Este não é o momento para uma postura defensiva”, disse o Relator Especial das Nações Unidas sobre os direitos humanos ao meio ambiente, John Knox, e o Relator Especial sobre direitos humanos e substâncias e resíduos perigosos, Baskut Tuncak. “Não é aceitável que tenha demorado três semanas para que informações sobre os riscos tóxicos da catástrofe mineira tenham chegado à tona.”

Trecho do Rio Doce atingido por lama tóxica. Foto: Leonardo Merçon/Instituto Últimos Refúgios, cedida ao Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos (ACNUDH)

Postagens populares

ONU Brasil

Portal IBRE

São Paulo