As 7 Maravilhas da Natureza eleitas pela New7Wonders

As 7 Maravilhas da Natureza eleitas pela New7Wonders
A América do Sul ganhou com a Floresta Amazônica e a Foz do Iguaçú

terça-feira, fevereiro 28, 2017

O brasileiro Roberto Azevêdo conquista o segundo mandato como Diretor Geral da OMC - Organização Mundial do Comércio, assumindo em início de setembro.

 Dinalva Heloiza
  
Em reunião do Conselho Geral da Organização Mundial do Comércio, que aconteceu hoje 28 de fevereiro, os membros da OMC acordaram, por consenso, nomear o brasileiro Roberto Azevêdo para um segundo mandato de quatro anos como Diretor Geral da Organização.


O segundo mandato do diretor geral, que tem início em 1 de Setembro de 2017, antes da reunião, ele apresentou sua visão para o futuro da organização e os desafios que terão pela frente, além de responder a várias perguntas dos membros sobre as  questões que serão enfrentadas pela  organização.

O diretor geral confirmou também a sua disponibilidade para desempenhar um segundo mandato, em uma carta enviada aos membros da OMC, ainda em 3 de Novembro de 2016, no início do processo de seleção. Ele foi o único candidato indicado para o cargo, até o encerramento do processo que aconteceu em 31 de dezembro de 2016.

Ao agradecer o apoio dos membros Azevêdo, disse acreditar que a OMC "está no caminho certo. Conquistamos muito nos últimos anos. A organização é mais forte hoje do que em 2013, mas podemos fazer muito mais - especialmente junto aos parceiros menores e aqueles que se sentem isolados dos benefícios econômicos do comércio. Necessitamos construir um sistema de comércio mais inclusivo, e estou ansioso para trabalhar com todos vocês visando esta finalidade".

O diretor geral incentivou os membros a defenderem a OMC. "Peço-lhes para se levantarem e defenderem os valores oriundos do comércio internacional, e o sistema de comércio. Esta organização existe por uma razão - apoiar o desenvolvimento econômico, o crescimento e criação de emprego, mas também são princípios, o apoio à paz, a cooperação e a solidariedade entre as nações."

"Não consigo pensar em um objetivo mais digno, e mais valioso do que isso.", finalizou Azevêdo.
Em 27 de Fevereiro Azevêdo apresentou aos membros um relatório com os êxitos alcançados durante o seu primeiro mandato e a sua visão para os próximos quatro anos.

O diretor também fez perguntas aos membros sobre a gestão da OMC, como avançar nas negociações e garantir um resultado positivo na próxima 11ª Conferência Ministerial da Organização, que acontece em Dezembro de 2017, os desafios que o sistema de comércio multilateral enfrenta atualmente e outras questões de interesse para a OMC.


 Com informações da Organização Mundial do Comércio - OMC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente essa Postagem

Postagens populares

ONU Brasil

Portal IBRE

Governo de Goiás

São Paulo